2 min de leitura

Para quem está fora do tema, SEO são técnicas de optimização de um site. Há técnicas aplicadas no site e na sua construção, e outras aplicadas em páginas externas.

Uma das técnicas mais usadas fora do site que estamos a gerir, é o

linkbuilding. De modo simples, criamos links para o nosso site noutras páginas. Para isso usam-se forums sobre o tema, comentários em blogs, sites completamente novos etc.

Isto é marketing e divulgação na sua vertente online. As relações públicas entram no esquema quando precisamos de compreender a relação entre os blogs, comunicar com os bloggers, entrar em contacto com sites de comunicação social tradicional, participar em comunidades, etc.

As questões de ética surgem quando colocamos algumas questões:

  • O que é que estamos a promover?
  • Criando páginas só para linkbuilding, não estamos a “poluir” os resultados de pesquisa?
  • O conteúdo da nossa página é fiável ?

A primeira pergunta refere-se ao objectivo do site em causa. A web tem alguns sites verdadeiramente decadentes, no entanto há sempre um ou outro webmaster disposto a ajudar na divulgação e posicionamento em resultados de pesquisa.

Há quem participe na wikipedia só para deixar lá o link para o seu site. Se o autor se identifica e não esconde intenções, tudo bem. Mas se editar outros conteúdos da página para fazer passar uma imagem positiva do site, então já estamos a cruzar limites de ética. Da mesma forma, criar um site só para gerar links para o nosso cliente pode ser errado. Errado na medida em que normalmente não contribui em nada. Não traz conteúdo além de uma lista de links e palavras chave.

A forma mais correcta de criar uma página só para linkbuilding, seria escrever como se se tratasse de um artigo de jornal. Tentar mostrar as diferentes perspectivas que existem e ser imparcial. E claro, assinar o artigo.

Por fim, o nosso site diz a verdade ? Se trata de um tema técnico, é preciso ? Deixa espaço para dúvidas? Criar um website ou criar conteúdos “só porque sim” é errado. Tirando claro os blogs pessoais que são como diários públicos.

Seguir

Coloca o teu email para receber um email semanal com os últimos artigos.