2 min de leitura

Encontrei a notícia no Meios e Publicidade [conteúdo limitado a utilizadores registados]. O que se passou é bastante simples, surgiram no youTube videos que mostram ratos num restaurante da KFC. Antes que os meios de comunicação tivessem pegado na notícia, já toda a comunidade do youTube sabia o que se passava. A KFC foi incapaz de responder a tempo.

No artigo há citações curiosas:

Steven Fink, (…) “O principal problema da internet não é o facto da história ser divulgada, mas sim o facto de estar lá para sempre. A história viverá para sempre na internet”, assegura o presidente da empresa de gestão de crise Lexicom.

De acordo, a história viverá para sempre, mas isso não quer dizer que não vá cair no esquecimento. Pode parecer um cliché, mas nas relações públicas temos de saber dar tempo ao tempo.

“Este é um exemplo perfeito de como as empresas devem ter uma rápida resposta online para a uma crise, não distorcendo os factos mas providenciando às pessoas informação que ajude a neutralizar a crise”, diz Ben McConnell, autor de Citizen Marketers.

Uma boa resposta online para este tipo de crise seria, por exemplo, um segundo video no youtube, desta vez com o representante máximo da KFC a explicar o que se passou. O factor chave seria usar o mesmo meio de comunicação que deu origem à crise.


Seguir

Coloca o teu email para receber um email semanal com os últimos artigos.