3 min de leitura
Este artigo foi recuperado em 2018, tinha ficado sem ser terminado desde 2009. Achei por bem manter no blog por razões de histórico.

Ninguém comunica só porque sim.

Para ser eficaz a nossa comunicação deve ter como objectivo gerar um comportamento, levar à mudança. E isto é verdade online e offline. Quando encontramos conteúdo interessante, guardamos, comentamos, partilhamos com os amigos, mencionamos numa conversa informal ou agimos de qualquer outra forma.

Podemos até dizer, Online o comportamento pode ser visto pela divulgação de conteúdo ou pela criação de links. A divulgação pode envolver alguma forma de transformação ou pode ser apenas a partilha com alguém. O processo de transformação pode acrescentar, remover ou alterar de outra forma o conteúdo.

Não faltam exemplos de conteúdo que foi transformado e divulgado, desde o star wars kid, passando pelo “leave britney alone” e chegando ao poster do Obama. Ao transformar conteúdo podemos estar a criar novo conteúdo, chegando mesmo a adulterar a versão original dando-lhe outro siginificado, para mostrar que não concordamos ou que temos uma perspectiva diferente. Para explicar melhor o conceito de comunicação eficaz vamos partir do príncipio de que não há qualquer adulteração de significado quando se dá a sua transformação.

A divulgação pode ser feita de uma série de formas diferentes, email, redes sociais online e offline, blogs ou qualquer outra que possamos imaginar. Por isso nem sempre nos é visível. Uma das formas de identificar esta partilha e divulgação de conteúdo, é através dos inlinks, Hiperligações externas que indicam o conteúdo original. Existir um inlink significa que houve um comportamento e possívelmente uma intenção de partilhar o conteúdo com terceiros.

No entanto, mesmo que não haja uma nova hiperligação pode existir uma menção do conteúdo ou cópia do mesmo. Desta forma também estamos perante um comportamento como resultante do conteúdo inicial visto ser uma tentativa de gerar diálogo.

Estes são os conceitos, mas o que é que eles significam na Prática para as Organizações?

Exemplo Obama

Exemplo Transparencia-pt.org

Mas a comunicação eficaz nem sempre é algo que se apenas faz passar ou entender uma mensagem. No caso do site Transparência-pt.org

ansol, pegou no Base.gov.pt e agiu para o tornar mais eficaz.

mais valia das organizações – poupar recursos investindo em consultoria.

http://bitaites.org/livros/ansol-valores-nao-se-justificam-apenas-com-erros

Exemplo BPI

Há sempre uma intenção e um comportamento esperado, mesmo que esse comportamento seja apenas a compreensão de uma ideia. E mesmo isso não é fácil, especialmente em comunicação política.

Dois exemplos, primeiro o vídeo que explica o plano de Obama para a recuperação económica.

Além de se conseguir explicar de modo bastante claro toda a estratégia, há um incentivo claro para que se envie o vídeo a outras pessoas.

Seguir

Coloca o teu email para receber um email semanal com os últimos artigos.